Central do Cliente            

 

Para os banhos de sol



 

O terreno estreito permitiu a implantação da piscina no térreo, mas como não sobrou espaço para o solário, a soluçao foi transferi-lo para a cobertura

Texto: Sandro Prezotto Fotos: Patrícia Cardoso

Após 18 meses de obra, a casa projetada pela arquiteta Andréia Carla Médice foi entregue com algumas mudanças no projeto original. "A idéia inicial previa um telhado com estrutura para cobrir a área da churrasqueira. Durante a construção, mudamos a cobertura para uma laje, que acabou virando um grande terraço", conta. O terreno de perfil comprido e estreito permitiu a construção de uma piscina no pavimento térreo, mas com entorno estreito e pouco espaço para os banhos de sol. A criatividade da arquiteta foi fundamental para resolver a questão: a laje de cobertura foi aproveitada como um solário. Além de proporcionar deliciosos momentos ao sol, ainda oferece uma bela vista do condomínio.

Para valorizar ainda mais o espaço, Andréia criou um jardim suspenso, um deque de madeira para a contemplação da vista, um ambiente para refeições e o solário. "Com muita leveza e sinuosidade, o deque e o jardim foram desenhados com formas orgânicas, ligando o acesso da área de lazer do terraço à varanda dos quartos no pavimento superior", revela.

Durante a obra, não foi necessário executar reforços estruturais, apesar do peso que o jardim exerce. Isso porque, o projeto da laje já estava nos planos desde o início das obras e pôde sustentar todas as cargas.

"Por se tratar de uma área muito grande, era fundamental que a impermeabilização da laje fosse muito eficiente. Tomamos muito cuidado na execução, aplicando até duas vezes a manta asfáltica sob o jardim, para evitar qualquer problema futuro."

Um toque final
Para os revestimentos da cobertura, além do deque de madeira ipê, foram especificados piso cerâmico e massa acrílica para os peitoris e jardim. Como a residência está localizada num dos pontos mais altos do condomínio, o peitoril de 1 m no perímetro externo da cobertura já permitia uma boa privacidade aos moradores. O restante do fechamento foi conseguido com um guarda-corpo em aço inox. Andréia, que também responde pelo paisagismo, escolheu bambu- mossô, bambusa e orquídea-bambu para o fechamento do jardim, que além de embelezar a cobertura, proporcionam privacidade sem esconder a vista.

Fonte: http://revistacasaeconstrucao.uol.com.br/escc/Edicoes/38/artigo104656-2.asp



Av. Pereira Barreto, 1395 - Sala 185 - Torre Norte - Paraíso - Santo André - SP
55 11 4083-8929 - 99254-3381
contato@acmedicearquitetura.com.br

Direitos Reservados - 2012 - Desenvolvido por Acek